Odres novos para vino novo

Ir. Gilda, sabemos que foste enviada à missão de Milange, logo após a tua formação profissional como psicóloga clínica, e neste momento estás inserta na comunidade e  trabalhas no Hospital Distrital daquela  vila do interior do País.

Ir Gilda 11. Como juniora vives um processo de aprofundamento e integração da vocação missionária, quais são, neste momento, as forças ou dinamismos que alimentam a tua caminhada?

Neste momento as forças que alimentam a  minha caminhada formativa na etapa do júniorado são fundamentalmente a oracao pessoal e comunitária, a leitura orante, a alegria e o acompanhamento e patilha que recebo das irmãs que formamos a comunidade missionária. Na mesma medida nutrem o meu  processo o acolhimento e a simpatia deste povo simples que muitas vezes não posso chegar pela sua própria  lingua mas sim pela linguagem do amor.

2. Gostaríamos que nos partilhasses como integras tua identidade de MDR com o exercício de tua profissão.

Íntegro a minha identidade de MAR com o exercício profissional na medida em que a assumo como missão sendo parte de nosso carisma que é a recuperação da dignidade humana dando a esperança de viver. Assim o apoio psicosocial que presto em especial aos irmãos que sofrem o flagelo do HIV/Sida, vai mais além do meu dever profissional, promovendo o bem estar social e mental a través da escuta, interpretação e conselhos.

Ir Gilda 23. M. Fundadora dizia que sentia mais próximo a Deus em Maldonado, como fazes ai esta experiencia de “Maldonado”?

A minha experiência de “Maldonado” centra-se em acreditar e aceitar que estar em Milange, neste momento, é a expressão da vontade de Deus e que o meu ser missionária ganha sentido cá onde os irmãos precisam da minha presença e com isso compreendi que na vida não há melhor coisa que fazer sempre no Bem aos irmãos e que a felicidade consiste em ser perita na entrega a Deus.

Muito obrigada I. Gilda pelo teu testemunho de irmã jovem cheia de entusiasmo na entrega do que és e tens ao Senhor nos irmãos mais necessitados, num lugar onde muitos dos teus colegas do curso não escolheriam estar.

Ir. Gilda 3

Share
Share
Share