Rasgos da Missionária Dominicana

Evangelizadora: Nos congrega um Carisma especial “Evangelizar os pobres naquelas situações missionárias donde a Igreja mais nos necessite”, Carisma nascido ao ritmo da missão e do encontro com os povos originários da selva peruana, é no rosto de cada irmão e irmã donde descobrimos e experimentamos a Deus como Pai/Mãe e a urgência de viver como irmãos.

Queremos dar testemunho de Jesus Ressuscitado como o fizeram as primeiras testemunhas da Ressurreição, acolhemos com alegria o mandato missionário de ser discípulas e de ser testemunhas do Deus da Vida. Sentimo-nos rodeadas de uma multidão de homens e mulheres de todas as culturas, épocas e povos que fizeram suas as palavras de Jesus: “Ide por todo o mundo e anuncia a Boa nova a todos os povos”.

Serva dos mais pobres: Tal como o Mestre, Jesus de Nazareth, que se fez pobre e dedicou toda a sua existência a servir os preferidos de Deus, nós acolhemos esta missão como um presente que nos compromete a partilhar a nossa vida com os mais pobres, acompanhando as suas esperanças, lutas e sofrimentos.

Missionária: Num mundo em que mais homens e mulheres deixam a sua terra, nós sentimo-nos enviadas a romper fronteiras e diferenças, porque cremos na presença de Deus em cada povo, na diversidade de expectativas e horizontes, temos a esperança de uma humanidade com  novos céus e nova terra.

Libertadora: Num mundo em que a vida se nega a milhares de pessoas por falta de alimento, educação, identidade e liberdade nós tal como Jesus nos comprometemos no trabalho de libertação integral dos nossos povos, anunciando e celebrando a presença salvadora de Cristo. Para nós falar de Deus é falar da necessidade de trabalhar pela justiça e exigir justiça.

Incarnada:  Cultivando uma profunda experiencia de Deus que quis montar a sua morada entre nós, nos solidarizamos com os povos que sonham com um amanhã mais luminoso, com cada ser humano que busca, crê e trabalha por uma vida mais digna e justa, conscientes das suas muitas riquezas  e de serem habitados pelas sementes do Verbo.

Mariana: como discípulas encontramos em Maria uma referencia, a mulher fiel, valente, que canta e se alegra pela presença de Deus na sua história e na  história do seu povo. A que acompanha e fecunda a esperança dos discípulos e é testemunha da irrupção do Espírito.

Orante: O silencio é um dos espaços onde Deus nos fala, é uma experiência que nos unifica e nutre o nosso projeto de vida, como São Domingos queremos falar com Deus e de Deus aos homens.

Procura a Verdade: É no estudo compreendido como “um manancial de esperança” o que nos permite como comunidade buscar a verdade, escutar e compreender a Palavra de Deus e as ciências humanas para servir e amar melhor o próximo.

Mulheres: A nossa espiritualidade convida-nos e urge potenciar a consciência de ser mulheres. Conscientes da riqueza que nos habita e da exploração que sofrem muitas mulheres no mundo, nos sentimos solidarias com as mulheres que lutam e trabalham por defender e cuidar a vida. Acreditamos em que Deus acompanha e fortalece a nossa esperança e a das mulheres com quem trabalhamos na construção de uma sociedade de reciproco respeito e paridade de direitos.

Share
Share