Há oportunidades na vida que nos permitem viver a experiência de trabalhar em comunidade e entregar o nosso grão de areia.

Como participante nesta missão Ayquina-Turi 2018, senti a alegria de fazer parte deste belo trabalho e me colocar ao serviço daqueles que precisam de nossa ajuda. Voluntariamente eu me juntei pronto para trabalhar sobre o que era e eu animado para saber que nós estávamos indo para entregar a nossa contribuição no trabalho relacionado com a terra, o trabalho árduo que é feito em bovinos, colheita e plantio, que é a atividade que as pessoas diárias fazem Q A UE foi visitá-la. Viver em nossa própria carne o esforço, a simplicidade e a beleza que deve estar em contato com a terra, para avaliar as reuniões e coexistir com a Comunidade.

Com esta experiência senti a proximidade com Cristo, vendo a felicidade de adultos e crianças compartilhando cada uma de suas histórias pessoais e fazendo parte de suas vidas, mesmo por um curto período de tempo. Visitá-los, dar-lhes um momento agradável, tirá-los da rotina com as atividades que ocorreram em uma coexistência onde todos nós nos envolvemos no coração.

Só tenho de agradecer esta oportunidade proporcionada pelo estabelecimento pastoral e pelo enriquecimento espiritual.

Daniela Recabarren Espinoza.
Professor de educação física.
Fundação Colegio educacional nossa senhora de Ayquina.
Calama-Chile

 

Experiência de Misiones em Ayquina-Turi

Você faz o bem que ama

No presente, as pessoas se concentram em objetos materiais, sem pensar nas necessidades do coração. O que a sociedade precisa é dar amor e alegria a todos os seres humanos ao nosso redor, para entregar a felicidade sem esperar nada em troca, para dar um abraço e dar um sorriso aos mais necessitados, esses são os verdadeiros valores e que enriquece a alma. Porque Jesus nos ensina através de suas ações e palavras, para ser missionários no dia a dia, para entregar uma boa aprendizagem através de novos ensinamentos.

A experiência de passar três dias em Ayquina desconectado das áreas urbanas foi maravilhosa, porque através do essencial da vida, da natureza, dos adultos mais velhos e das crianças, eu era capaz de chegar mais perto de Cristo na época do advento. Para compartilhar suas necessidades e preocupações, para saber que eles querem estar no futuro, para viver a esperança de que as tradições culturais serão mantidas na aldeia de Ayquina e Turi era realmente bonito. Saber que ainda há pessoas nutridas de forma natural e orgânica e que se alimentam com a fé e a religiosidade é incrível.

No primeiro dia que chegamos, começamos a trabalhar imediatamente estudantes, professores, pastoral, catequistas, centro geral de pais com o mesmo propósito, para fornecer um grão de areia para estas cidades bonitas e áridas do norte do Chile. Trabalhar como uma equipe com os alunos foi muito gratificante, porque cada um tinha uma responsabilidade na Comunidade. O trabalho era árdua todos os dias, cansado, sedento, no entanto, sempre tendo em mente que Cristo fez o mesmo sem reclamar, e dando amor e alegria a todos aqueles ao redor. Terminamos o dia esgotado, mas da mesma forma o reflexo do dia foi feito no final do trabalho.

O segundo dia foi esplêndido, porque fomos capazes de compartilhar com o povo maravilhoso de Ayquina, tantas crianças e idosos, para saber que eles têm sonhos que podem ser realizados: Don Alberto menciona: "Eu gostaria que o povo de Ayquina para ser mais do que um Santuário religioso e ser uma comunidade da tradição de Atacama "porque isso pode ser cumprido através das tradições, e também através do contar histórias que fêz os contadores de Calama. Porque eles relacionam mitos dos povos do interior e eles usaram figuras, tão tradicionais como o Condor, a raposa, entre outros, que são animais típicos da zona norte. No final do dia na igreja ao lado da figura da Virgem de Guadalupe de Ayquina, fiquei excitado porque ela representa a figura da mãe protetora que cuida de mim todos os dias. Porque minha mãe está na minha pátria e quando eu sinto falta dela eu sempre olhar para a imagem virgem de Ayquina

O terceiro dia, foi especial porque nós tosou ovelhas e me permitiu lembrar o sul do Chile, a cidade em que eu vivo, porque quando eu era pequena minha tia materna me ensinou a tecer tear. Foi surpreendente o ensinamento daquele dia, porque enquanto o corte pensava que as ovelhas eram tranquilas no momento de remover a lã, e refletiam que assim nós deveríamos ser seres humanos no momento de ouvir a palavra de Deus, e os ensinamentos que nos deixaram para Através da Bíblia. Finalmente, eu só tenho que agradecer a Jesus e à Virgem pela experiência  

Valeria torres Ortiz
professor
universitário Fundação educacional nossa senhora de Ayquina.
Calama-Chile

 

Testemunho encontro CONTINENTAL de jovens MDR-SANTIAGO

Continental reunião Santiago 2018, como eu descreveria a minha experiência com algumas palavras incríveis, extraordinárias, inimagináveis e infinitas palavras que podem dizer o quão maravizado eu estava em Santiago, eu nunca pensei em viver algo assim eo passo incrível, para Embora eu já tivesse ido para Santiago, conheci outros lugares que me deixaram espantado. Acho que uma das coisas que eu nunca pensei fazer era escalar San Cristóbal Hill; Se eu vim exausto para a capela, mas vendo a imagem da Virgem recompensa fome e fadiga. Eu nunca pensei em fazer amigos tão forte como com as pessoas da minha comunidade, nós éramos todos de lugares diferentes e nós sabíamos como se dar muito bem, o povo do Peru foram os mais amigáveis, amigáveis e sociável certamente eram um 7. Além disso, não achei que conheceria pessoas da minha escola com quem faria uma bela amizade.

Obrigado, eu só posso agradecer a experiência, as pessoas que eu estava com, aqueles que conheci, aqueles que formam uma amizade incrível; Só para agradecer por me animar os 6 dias que eu estava lá, as irmãs que nos acompanharam no processo, as tias da cozinha que estávamos felizes de manhã, à noite e à noite com um sorriso lindo e um "bom dia, você quer", o povo do coro; Eles não estavam juntos por um curto período de tempo, mas eles nos fizeram desfrutar, cantar, gritar e dançar animadamente cada canção, que não escapou de qualquer detalhe, os cobertores e tapetes de dormir, o fogão que nos abriga nas noites frias de Santiago e as noites animadas com as orações E canções que nos animaram. Basta agradecer por cada experiência e histórias contada e vivida por cada pessoa que nos visitou, todos eles agradecer as experiências que nos deram eo desejo de contribuir mais na igreja e ajudar os outros. Sem dúvida, eu tenho muito mais a dizer e muito mais pessoas para agradecer, sem dúvida o que eu experimentei foi incrível, como um dos meus professores disse: "você tem que vivê-lo" e wow foi incrível para vivê-lo.

Milen Tapi
a 3 ° escola secundária
estudante Fundação educacional nossa senhora de Ayquina
Calama-Chile

Share
Share
Share