Uma parte da semente caiu em boa terra…

Nós, as Irmãs da comunidade de São Martinho de Porres, estamos a dar continuidade ao trabalho pastoral na Missão de Namacurra.

Esta Missão nasceu da proposta dada pelo nosso Bispo de Quelimane – Dom Hilário da Cruz Massinga – que solicitava missionário para colaborar e acompanhar a Missão de Namacurra que fica mais de 300kms da Cidade de Quelimane onde nós residimos, porque não havia ninguém para ir a evangelizar as 50 comunidades cristãs que lá existem.

Neste ano, tomamos comunitariamente, esta nova Pastoral como “nossa nova Missão”. Lá vamos uma vez por mês participar e colaborar nas actividades pastorais, e nas celebrações Eucarísticas.

Neste ano de 2019 no primeiro semestre, foram planificados vários encontros de formação a todos os níveis e para grupos distintos: Jovens, crianças, responsáveis das comunidades; responsáveis das comissões, e de vários serviços que la se encontram: Ministros extraordinário da Comunhão, Ministros da esperança, caritas, responsáveis dos movimentos carismáticos e toda a comunidade em geral.

Os encontros foram divididos em três partes: Zona norte, Zona sul e Centro. A participação foi positiva, e os participantes manifestaram a sua gratidão por terem participado nestes encontros de formação.

Todos nos sentimos fortalecidos e renovados. Durante a formação foi notável descobrir a sede e fome de formação que os nossos crentes têm. Manifestaram a necessidade de aprofundar mais o seu crescimento na fé, promovendo mais encontros de formação. Descobrimos que muitos sinais e gestos usados nas celebrações litúrgicas, os nossos cristão não compreendem e não sabem o seu significado.

Eles Pedem mais formação e acompanhamento na sua vida Cristã.

Nós aceitamos este desafios, embora nos sentimos limitadas. Procuramos dar o nosso melhor nesta tarefa do anúncio da palavra de Deus, nestas comunidades periféricas que desejam renovarem-se e crescer na Fé. “Que Deus nos proteja”

Que Jesus, o primeiro Missionário do Pai nos acompanhe, e Maria, mãe das Missões nos anime e nos console com o seu carinho maternal.

Irmã Angélica Amaral
Comunidade “São Martinho de Porres”
Quelimane

Share
Share
Share